segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Vi horrores


The Shout - E. Munch


A imagem do quadro acima é o retrato que tive destes últimos tempos.

Para quem ainda não sabe, perdi minha mãe no dia 31 de dezembro. Estes dois últimos meses foram muito difíceis para mim. Presenciei horrores e muito sofrimento. Estive (e talvez ainda esteja) em estado de choque.
 
Vi um sistema de saúde falido. Fiquei dois dias com minha mãe dentro do carro tentando vaga de hospital em hospital, tentando ser atendida em pronto-socorros de hospitais em São Paulo abosolutamente lotados. Vi seres humanos sendo tratados como gado indo para o abatedouro. Mesmo pagando por anos uma fortuna por um plano de saúde, na hora em que minha mãe mais precisou ficou absolutamente na mão. Conseguimos através de reclamação à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo internação para minha mãe num hospital público e lá vi mais horrores ainda. Vi um tratamento nada humanizado, vi profissionais insensíveis e como família fui muito maltratada. Briguei, reclamei e denunciei muito. Não vi isto acontecendo só conosco. E não estava de favor. Ninguém está de favor! Quem está do outro lado precisa MUITO mudar de mentalidade.

Quem conhecia minha mãe sabia que ela passou quase toda a vida trabalhando como voluntária na saúde tentando coibir estes horrores. Não trabalhava para nenhuma ONG e gastava o que não tinha para ajudar pessoas, arrumando exames, internações e salvando muitas vidas. Só na base da denúncia e da reclamação. Até então eu nunca havia entendido a importância e o valor do trabalho que ela fazia.

Por isto estive há dois meses sem postar nada por aqui e também por isso o ScrapStuff esteve em férias - já está reaberto e repleto de promoções! :))

Estou de volta. E prometo daqui prá frente aparecer mais vezes. ;)
Beijosss e um ótimo 2011 prá todos nós!